"De que valem as pernas se posso voar?"

A Descoberta do Verdadeiro Norte

A Força das Metáforas


O filme Avatar é uma poderosa metáfora para este tempo e deixa bem claro, duas linhas de ações bem distintas que convivem simultaneamente dentro de todos os projetos e atividades humanas. Uma movida pelo EU, por agir prioritariamente em benefício próprio, tipo: "o que posso me beneficiar com isso?" Em sua forma exagerada é a crença de que "os fins justificam os meios"; A outra linha de ação, motivada pela ALMA, é capaz de colocar a própria vida em benefício do todo e de todos os demais. Não se trata de uma ser certa e a outra errada, mas são distintas e provocam resultados diferentes. A humanidade, mais do que nunca, passa hoje por essa encruzilhada.

Na Oficina "A Descoberta do Verdadeiro Norte", nos dias 28 e 29 de Outubro, em Niterói, vamos estabelecer de modo específico estas relações entre as motivações do EU e da ALMA, ilustrando com a metáfora do filme "Avatar".

Assista o filme e venha participar. Dentro de cada um nós existe seu próprio Avatar, que dá sua vida, se necessário for, para defender aquilo que acredita. Mas primeiro é preciso ouvir o "chamado" para sair da aldeia, e do "estado e nível de consciência atual" para ir além, transcender e incluir... Detectar o que a vida quer de nós.

“Detectamos, mais do que inventamos, um sonho de destino”

Algumas aplicabilidades:

Vamos usar o mapa, a bússola e o relógio, com práticas de Coaching para alinhar ambições, papéis, visão e missão e trilhar "O caminho do Norte", descobrir os "Dragões" no mapa e explorar novos territórios. "O que você busca está à sua procura?"

O signo e a casa onde se encontra o Nodo Norte é o ponto de contato com um significado maior para a vida. Reconhecer a direção desse Verdadeiro Norte possibilita despertar, ou ativar as energias positivas que levam à autorrealização, dando um sentido positivo para sair do LUGAR/ESTADO em que se encontra para um LUGAR ESTADO de ainda maior POTÊNCIA DE VIVER, de mais alegria e liberdade de escolhas.

As armadilhas do Sul

Reconhecendo crenças limitadoras e padrões de recorrência: “Estados-dragões” aprisionam ao passado, são as experiências revisitadas, o “disco arranhado”, as lacunas e o que não foi devidamente resolvido. Acessar esta informação contida no Sul, as crenças invisíveis e limitadoras, liberta uma enorme potencial de energias criativas que facilita sair das recorrências para criar novas possibilidades de ser e viver.

Olhar o Mapa do Céu a partir do ponto de vista de onde se encontra a Cabeça e Cauda do Dragão é libertador, pois permite uma conexão com a Fonte de energia e ação para viver deliberadamente e seguir o caminho da evolução espontânea.

Mais Informações: www.oficinadeastrocoaching.com/oficina

Opera Flat Transamérica

30 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Rio de Janeiro: Rua Cosme Velho 
São Paulo: Hotel Mercure, Av. Funchal 111
Telefone: +21 999138585  
Astro*Coaching - CFP 119.893.307-03
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle